5 maiores erros de iluminação

Escolher uma iluminação de qualidade combinada com uma decoração interior personalizada é um processo que demanda tempo e sabedoria para não cometer erros que acabam provocando futuros desconfortos.

Por isso, para acertar no projeto, é muito importante estar atento a alguns detalhes na hora de definir a iluminação dos espaços.

Preparamos este post para mostrar os 5 erros mais comuns de iluminação que devem ser evitados a qualquer custo. Confira!

Não pensar na temperatura das lâmpadas

As lâmpadas são diferentes entre si. Por isso, é importante checar a emissão de calor e a luz emitida de cada uma. Analise individualmente também onde ela será instalada. Quanto menos, ou nenhuma emissão, melhor para você!

Lâmpadas que esquentam demais são menos eficientes, consomem mais energia e as pessoas podem começar a suar devido ao alto grau de calor.

Quanto à luz emitida, as lâmpadas frias (com fundo azulado ou branco) são indicadas para ambientes que precisam de atenção, como escritórios. Já as lâmpadas quentes (com tom amarelado) são ideais para gerar uma sensação de aconchego e conforto, como quartos e salas de estar.

Instalar lâmpadas de má qualidade

A lâmpada errada pode causar uma série de problemas, desde gastos excessivos até desconforto por conta da emissão de calor. Desta forma, é importante pensar no custo custo-benefício na hora da compra.

Prefira sempre as lâmpadas de Led normatizadas e com garantia, pois elas têm vida útil maior, são mais sustentáveis e econômicas. Além disso, não esquentam o ambiente.

Quando o assunto for lâmpadas incandescentes, evite-as. Elas consomem muita energia.

Colocar iluminação em excesso ou em escassez

Este é um erro bastante comum. Ou a iluminação é forte demais e causa desconforto ou, por outro lado, é excessivamente fraca e deixa o local escuro e sem vida.

Para isso, tenha uma fonte de iluminação principal e invista em outras secundárias, como abajures e luminárias de pé.

Tenha cuidado com excessos em locais que não precisam de muita iluminação, como o hall de entrada, varanda e lavabo. Isso pode causar sensações de sufoco e gastos desnecessários.

Instalar luminárias pendentes em ambientes abertos ou de passagem

Jamais utilize luminárias pendentes em locais abertos ou de passagem, como corredores e estacionamentos. Além de bloquear o caminho e até mesmo causar acidentes, o vento também pode danificar suas peças ou quebrá-las totalmente.

Faça a instalação de pendentes em locais fechados e específicos, como em cima de uma mesa, por exemplo. Assim, as lâmpadas terão mais durabilidade.

Não considerar o layout de cada cômodo

Na hora de iluminar os cômodos, é necessário considerar o tipo de sistema para trabalhar com uma maior customização, como uma iluminação secundária ou complementar.

Isso pode ser feito através do equilíbrio entre luminárias, cor e temperatura para cada ambiente.

Quanto maior o local, mais precisará de pontos de luz, e não necessariamente de lâmpadas com maior luminosidade. Fique atento também ao tamanho das luminárias, que devem ser proporcionais ao espaço. Por exemplo: uma luminária em cima de uma mesa grande na sala de jantar não pode ser muito pequena.

Agora que você já sabe quais são os erros mais comuns na hora de fazer a iluminação de um ambiente, se atente aos detalhes e com certeza vai acertar na escolha das luminárias adequadas para cada cômodo de sua casa.

Para produtos de alta qualidade, confira as luminárias da Lustres Gênesis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *