Blog Lustres Gênesis Blog Como escolher o lustre de cristal ideal, confira nossas dicas

Como escolher o lustre de cristal ideal, confira nossas dicas


O charme que os lustres de cristal proporcionam em um ambiente é indiscutível, não é mesmo?

Grande ou pequeno, simples ou luxuoso, moderno ou tradicional, eles são artigos indispensáveis à decoração quando utilizados em harmonia com o ambiente.

No mercado, existem diversos modelos de lustres, mas para quem busca levar mais elegância para a decoração com certeza o lustre de cristal é a melhor opção.

Para te ajudar a escolher o lustre de cristal ideal, selecionamos aqui algumas dicas especiais.

Continue com a gente até o final!

Como escolher um bom lustre? 

A primeira dica de como escolher um bom lustre é analisar o ambiente.

Veja qual o tamanho dele e o estilo da decoração. É de acordo com isso que você pode escolher os lustres de cristais adequados para cada local.

Os lustres de cristal para sala de jantar, por exemplo, costumam ser maiores e bem chamativos, para colocar acima da mesa de jantar. A mesma coisa vale para a sala de estar com lustres modernos cristal. Porém, considere que ambos ambientes precisam estar bem iluminados, então se achar necessário, adicione spots e plafons para ajudar na iluminação do local e use os lustres modernos como elementos decorativos.

Comece pelo estilo

São muitas opções de tamanhos, formatos, materiais e, claro, preços. Por isso, para escolher a peça perfeita é preciso pensar no estilo que mais combina com a decoração da sua casa.

Os lustres clássicos são aqueles que lembram um candelabro, normalmente feitos de vidro, cristal e metal.

Já as peças mais contemporâneas ganharam uma cara mais informal. Novos formatos, como os quadrados e hexagonais chamam a atenção.

Os modelos mais modernos, com pendentes que podem ser sobrepostos em diversos comprimentos, estão em alta também.

Dê o devido destaque ao lustre

O lustre de cristal é uma peça decorativa que merece destaque. Justamente por isso, ele deve ser o centro de interesse nos ambientes.

Raramente um lustre é responsável pela iluminação geral de um cômodo, funcionando mesmo como um complemento da decoração.

Busque o equilíbrio decorativo

Os lustres de cristal, por si só, são objetos bastante chamativos, por vezes grandes demais e com muitos detalhes.

Sendo assim, é indispensável combiná-los com elementos discretos, cores neutras e peças elegantes, porém simples. Isso faz com que o visual fique harmonioso, elegante e clean. Isso porque o excesso de informações, pelo contrário, acaba deixando a decoração pesada.

Portanto, lembre-se sempre de verificar o que mais tem no cômodo para não poluir o visual. Por exemplo, o lustre não deve disputar atenção com quadros e obras de artes.

Respeite a regra da proporção

Para evitar que o espaço pareça menor do que realmente é, a dica é não colocar lustres de cristal muito grandes em ambientes compactos.

Da mesma forma, não use um lustre muito pequeno em espaços amplos. Opte sempre por elementos proporcionais para assegurar o equilíbrio na decoração.

Fique atento às tendências

Novidades estão sempre chegando e saber o que está em alta é importante para escolher o lustre de cristal ideal e renovar o ar da casa com elegância.

Acerte na hora da instalação

Também é preciso pensar o modelo certo para garantir que a instalação do lustre seja possível no lugar que você quer. Imagine escolher uma peça em cascata que fique encostando na mesa de jantar? Não ficaria nada elegante.

Para saber se o modelo escolhido funcionará no ambiente, tenha em mente que existem algumas distâncias preestabelecidas para a instalação.

Por exemplo, na sala de jantar, é indicado que o lustre fique entre 75 e 80 centímetros acima do móvel. Já para a instalação em locais mais amplos, a dica é colocá-lo a, pelo menos, 2,13 metros de distância do chão.

E lembre-se: os lustres podem ser pesados, então confira se a estrutura do seu teto aguentará.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post