Blog Lustres Gênesis Blog Conheça o projeto luminotécnico: o que é e como funciona

Conheça o projeto luminotécnico: o que é e como funciona

Conheça o projeto luminotécnico o que é e como funciona

Para aqueles que desconhecem um projeto luminotécnico consiste em uma esquematização de toda a parte de iluminação da obra. Para desenvolver um ambiente mais aconchegante é preciso especificar os tipos de lâmpadas. Um projeto luminotécnico, contribui com o andamento do que o cliente espera de um ambiente.

Esse planejamento pode incluir além da parte elétrica também a parte da estrutura como o teto, ou seja, qual o tipo de forro e assim quais luminárias estariam adequadas aquele local.  Assim como, sancas e claraboias que podem contribuir com outros tipos de iluminação.

Agora que compreendeu do que se trata, continue a leitura para entender de fato como funciona um projeto luminotécnico e sua importância em uma obra.

Vamos lá?

O que é um projeto luminotécnico?

É chamado de projeto luminotécnico toda a esquematização, planejamento e representação de todos os elementos de iluminação que irão compor o local.

Esse projeto é feito por um profissional capacitado que entende de iluminação e que vai se preocupar com harmonização dos ambientes, procurando sempre atender as necessidades de cada espaço para trazer soluções rápidas e viáveis ao cliente.

O light designer, como é conhecido o profissional que lida com toda a parte de iluminação de uma obra, deverá ser capaz de cuidar do aproveitamento da arquitetura do local, de modo a trazer uma iluminação agradável e funcional.

Em conjunto com a decoração, a iluminação é fundamental para que o seu projeto tenha toda a “vida” necessária. Procure sempre priorizar um projeto luminotécnico em conjunto com a arquitetura e decoração do imóvel ou cômodo.

Como funciona?

O profissional iniciará fazendo uma entrevista com o cliente, para assim entender o que ele gostaria de destaque nos cômodos, ou também o que espera da parte luminotécnico. Então, o light designer fará uma visita técnica no local da obra para tirar todas as medições, materiais utilizados, tonalidades, colorações, ou seja, tudo que precisar para montar um briefing adequado.

Isso com os outros profissionais para que tudo seja feito em conjunto e harmonia para que nada saia do que o cliente espera. Em seguida, o profissional deve fazer um estudo preliminar com todo o projeto já pré-pronto para a aprovação do cliente.

Um profissional capacitado ao final de todo o projeto de preferência deve retornar para o local da obra e fazer a finalização da parte luminotécnica, ou seja, modificar todos os posicionamentos como ângulos das luzes em prol de trazer a vida ao ambiente, algo também conhecido afinar a iluminação.

Vantagens de um projeto luminotécnico

Quando o profissional já se programa de forma completa com um projeto luminotécnico isso auxilia no gasto de menos dinheiro e tempo. As chances de um retrabalho na parte de iluminação diminuem e ainda as probabilidades do projeto estar do modo que o cliente espera são muito maiores.

Sendo assim, existem diversos benefícios em se fazer um projeto luminotécnico em sua obra. Outro fator seriam as mudanças que sempre vão existir em qualquer obra, incluindo na parte luminotécnica. No entanto, com o auxílio de um projeto bem estruturado, as alterações serão menores.

A temperatura também é um dos pontos a serem trabalhados em um projeto de iluminação. Além disso, o profissional deve saber balancear a iluminação, ou seja, saber fazer um equilíbrio de luz por toda a residência. Para que a obra tenha os destaques certos, um projeto luminotécnico deve ser feito.

Para mais conteúdos e dicas sobre iluminação continue acompanhando o blog da Lustres Gênesis.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post