Blog Lustres Gênesis Blog Dicas para escolher o melhor spot de embutir

Dicas para escolher o melhor spot de embutir

Dicas para escolher o melhor spot de embutir

Existem diversos estilos e modelos de spots, sendo assim, como podemos escolher o que se adequa melhor no nosso ambiente? É importante conhecer todas as dicas de para escolher a opção que mais se adequa ao que procura. Ainda mais com aqueles que são perfeitos para destacar objetos ou até mesmo trazer uma luz mais difusa.

Com isso em mente, o post de hoje é inteiramente focado em spots de embutir, para que você não tenha mais dúvidas. Acompanhe até o fim para não perder nada!

Aproveite a leitura!

Conheça os tipos mais conhecidos de spots

É importante conhecer os estilos de spots e também o material que é utilizado em sua fabricação. Esses podem ser um dos diferenciais na escolha, já que os spots de embutir podem ser encontrados em metal, plástico, alumínio escovado e até mesmo em gesso.

Geralmente, esses spots são colocados em diferentes tipos de tetos ou forros tanto de madeira, gesso ou mesmo PVC. É importante escolher aquele que se adeque da melhor maneira ao seu modelo de forro para que não cause qualquer problema ou estranheza na decoração.

Posicionamento das peças

Existem diversos spots como já dito anteriormente, nesse sentido, há modelos em que pode ser feito o posicionamento que quiser. Ou seja, movimentá-lo de modo a destacar algum ponto no ambiente.

Mas tudo depende do valor investido, existem luminárias que já são fixas, e assim, o ângulo não pode ser alterado. Com isso, deve ser considerado o local de sua instalação para que não haja problemas.

Em questão dos cômodos da cozinha e banheiro, o ideal seria acima das bancas ou pias, usando como ponto de início para a distribuição dos spots o centro da pia, no caso como referência para não ter erro.

Distância entre os spots

Outro fator de máxima importância é o distanciamento de uma peça a outra, e claro, de outras iluminações, já que elas não devem entrar em conflito. Com isso, a distância entre eles deve ser de 75 centímetros a 1 metro entre si.

Assim como, deve-se considerar quando as peças são completamente fixas ou quando possuem mudanças na angulação. Sendo assim, procure manter uma distância da parede de 10 a 15 centímetros para spots direcionáveis e para os que não são de 20 a 30 centímetros.

Quantidade de luminárias

A quantidade deve ser pensada de acordo com a necessidade do local, portanto, faça uma análise do ambiente para saber o que realmente precisa. Desse modo, pense no que irá utilizar esses pontos de luz, como focar em objetos ou apenas fazer uma iluminação geral.

Temperatura da iluminação

Assim como em outras situações, quando vamos escolher uma luminária é essencial conhecer o tipo de temperatura que queremos para aquele ambiente. E no caso dos spots de embutir não seria diferente, então entenda agora as colorações que pode escolher para assim chegar ao cenário que procura. A temperatura das lâmpadas é medida em Kelvin, sendo assim, pode ser encontrada no rótulo das lâmpadas.

Ou seja, quando está próxima a 3500 K remete a coloração amarelada ou branco quente, já as que são próximas de 4000 K são conhecidas como o branco natural, que como o próprio nome sugere, não possui nenhum tipo de coloração. Agora as lâmpadas próximas a 6000 K são azuladas, e podem ser conhecidas como branco frio.

Finalizando, uma das dicas que mais poderia ser um fator a contribuir com a escolha dos spots seria a questão da economia de energia. Mesmo em grande quantidade essas peças utilizam luz de LED, e com isso, tem um grande aproveitamento da luminosidade.

Agora que já tem todas as dicas, não espere mais para incluir spots no seu projeto de iluminação. E para mais dicas continue acompanhando o blog da Lustres Gênesis.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post